10

Seja egoísta, perdoe!

Se você prestou atenção no título deste post, deve estar se perguntando algo como: “Perdão é algo egoísta, como assim?”. A verdade nua e crua é que perdoar alguém tem a ver com você, e só com você. Muitas vezes aquela situação que você ficou remoendo por meses, anos, talvez décadas nem faz mais parte da lembrança da outra pessoa envolvida. Existem casos onde a outra pessoa nem está mais entre nós, mas mesmo assim você continua remoendo, ancorado(a) em um lugar que te tolhe a energia, te coloca para baixo, turva sua visão.

Apesar de acharmos que quando perdoamos alguém estamos fazendo um enorme favor a essa pessoa, a verdade é que estamos fazendo um grande favor a nós mesmos, já que nossa mente é programada para reprimir emoções ruins e isso consome muita energia.

Quando perdoamos, estamos abrindo espaço para o novo, já que perdoar é se permitir parar de pensar em algo que ficou no passado, liberando sua mente e sua energia para o que vem depois.

Claro que muitas vezes não é fácil perdoar, pelo contrário, na maioria das vezes é muito difícil. Talvez exista alguém na sua vida que você não quer perdoar ou ainda talvez essa pessoa seja você mesmo(a).

Entretanto, para que você possa construir um novo futuro, deixar florescer novas ideias, novos sonhos, novos planos, terá que fazer as pazes com o seu passado, e para isso será importante deixar as coisas que devem ir embora partirem…

Para ajudar você a exercitar o perdão, vou te propor um pequeno exercício: faça uma pequena lista com pessoas do seu passado com quem teve problemas de relacionamento e que te magoaram.

Escolha uma destas pessoas!
Se você ficou realmente chateado(a) com alguém, você perceberá que, possivelmente, a lembrança mais forte que você tem desta pessoa é justamente a memória do momento em que você foi magoado(a). Isso acontece porque quando nos decepcionamos com alguém, ficamos com essa lembrança travada em nossa mente tornando quase impossível a tarefa de perdoá-la. A boa notícia é que existem técnicas para mudar esse cenário em nosso cérebro…

Uma das técnicas que você pode usar é se forçar a lembrar das coisas boas que aconteceram entre você e essa outra pessoa, isso irá ajuda-lo(a) a destravar a tal lembrança facilitando a tarefa de deixar que essa memória se vá.

Se a lembrança ruim ainda tiver uma carga emocional muito forte, é possível que você diga que não existiu nada de bom nesse relacionamento, que não há nada de agradável para lembrar. Apesar de saber que em 99% dos casos essa afirmação não é real, fornecerei uma segunda opção para facilitar o processo do perdão.

Tente entender qual foi seu aprendizado naquela situação. Antes que você diga que não aprendeu nada, gostaria de salientar que toda e qualquer situação, toda mesmo, possui algo a ser aprendido e que extrair o aprendizado dessa situação específica irá liberar suas emoções ruins vinculadas a sua lembrança, o que fará com que você perdoe com maior facilidade e desprendimento.

Faça o exercício… Você descobrirá como essa sensação pode ser libertadora.
E depois deixe um comentário contando pra gente como se sentiu ao abrir espaço para o futuro entrar!

Comments(10)

  1. Reply
    Thais disse

    Todas as frases de auto ajuda nós conhecemos , mas destravar a mente foi uma dica preciosa, pois tem pessoas mais “perdoadoras” outras menos mas todos tem dificuldades, isso é fato. Vou me esforçar e quero posteriormente ter um comentário positivo! Eu quero e preciso perdoar!

    • Ediberto Santos
      Reply
      Ediberto Santos disse

      Thais,
      Tudo começa com uma intenção positiva!
      O desejo de “ser” é o primeiro e mais importante passo para conseguir.
      Você está no caminho certo, tenho certeza que chegará lá.
      Um abraço

  2. Reply
    Daniela Branco disse

    Deixar de perdoar, é tomar o veneno e esperar que o outro morra!!!

    • Ediberto Santos
      Reply
      Ediberto Santos disse

      Oi Daniela,
      Eu adorei a frase, acho que ela explica de maneira perfeita do que se trata o perdão.
      Obrigado pela ótima contribuição.
      Sucesso

  3. Reply
    ALEXANDRA DE NOBREGA disse

    Errar é humano, mas perdoar é divino!
    Se todas as vezes que tivéssemos que perdoar alguém, lembrássemos que tbm já magoamos, seria muito mais fácil ter essa atitude.
    O perdão é um dom que cura e liberta, é muito mais benéfico para quem dá do que para quem recebe.

    Forte abço

    • Ediberto Santos
      Reply
      Ediberto Santos disse

      Com certeza Alexandra,
      Mas acredito que o mais importante de tudo é entender que perdoar tem a ver com a gente e não com o outro.
      Perdoar é nos permitir seguir em frente, sem peso extra, sem excesso de bagagem!
      E quando seguimos nossa jornada com leveza, muito mais alegrias se mostram pelo caminho…
      Obrigado por sua reflexão.
      Um abraço

  4. Reply
    Mônica disse

    Não é fácil mesmo , é um exercício árduo e tem de ser diário , estou tentando e espero conseguir, porque a mágoa e um veneno pra mim e me faz um mal danado …mas vou conseguir…

    • Ediberto Santos
      Reply
      Ediberto Santos disse

      Olá Mônica,

      Como diz um ditado chinês: uma jornada de mil léguas começa com um único passo…
      O segredo é a constância, pequenas mudanças frequentes trarão um impacto enorme, muitas vezes maior que a soma das parte.
      Sobre conseguir, tenho a mais absoluta certeza que você chegará lá, porque o passo mais importante de todos você já deu: entender que existe espaço para um comportamento melhor…
      Sucesso em sua jordana!
      Um abraço

  5. Reply
    MARIA DA CONCEIÇÃO disse

    É a mais pura verdade.

    • Ediberto Santos
      Reply
      Ediberto Santos disse

      Olá Maria,

      Fico feliz em saber que o texto fez sentido para você.
      Tudo de bom!

Post a comment